Medo De Ter Seu Próprio Negócio

O medo de ter seu próprio negócio é algo comum aos aspirantes de empreendedorismo. Ninguém gosta de fracassos, mas para se ter sucesso muitas vezes temos que arriscar, pelo menos arriscar a se dar uma chance de tentar.

Ter um negócio próprio é um sonho que, para muitas pessoas, nunca se torna realidade por causa do medo. Muitas pessoas têm ideias de negócios incríveis, inclusive validadas por um potencial mercado consumidor, mas o medo paralisa e não deixa florescer e dar frutos  a ideia inicia.

O medo associado ao início de um negócio não é um absurdo, na verdade é muito normal diante de dificuldades e pensamentos como “E se eu pedir demissão do meu emprego e não der certo?” ou “O que os outros vão pensar” ou “E se a minha família não me apoiar?” ou ainda “E se eu perder todo o meu dinheiro?”.

Mas se observarmos os empreendedores mais bem sucedidos que conheço não têm medo de assumir um risco, quando eles realmente acreditam que tem uma boa ideia.

Na verdade, tomam uma postura de aprendizes e buscam aprender sobre os eventuais riscos associados ao negócio para tentar minimizá-los ou até mesmo eliminá-los.

A certeza do sucesso em qualquer negócio está longe de ser algo que possa ser garantido, mas assim como acontece em nossas vidas, precisamos aprender a lidar com os riscos pessoais, emocionais e financeiros para conseguirmos o que desejamos.

Para diminuir os riscos, busque informações e conhecimentos na fase do planejamento. Procure conhecer histórias de outros empreendedores. Entenda como eles enfrentaram os momentos de dúvidas e incertezas e como seguiram em frente.

Aprimore seus seus conhecimentos sobre gestão financeira, marketing, gestão de pessoas e administração em geral. Pesquise as tendências do setor que você pretende atuar, assim como conhecer todos os concorrentes diretos e indiretos e suas respectivas estratégias.

Tenha um mentor para dividir seus medos e ansiedades. Não há necessidade de reinventar a roda, ouça conselhos de pessoas mais experientes e tome suas decisões ponderando as mesmas.

Resumindo, empreender muitas vezes pode ser associado a um grande salto sem paraquedas, um ato de fé e coragem, mas assim como um soldado vai para gerra arma, busque conhecimento e tenha um bom planejamento para minimizar seus riscos e medos.

Dúvidas mais comuns:

1. Não tenho dinheiro para para começar.

Essa é uma das principais razões que dizemos para nós mesmos, principalmente quando queremos mais do que uma renda extra. Mas com o crescimento da internet no Brasil e no mundo, esse canal tem se tornado um espaço excelente para começar com poucos recursos.

Seja um site, blog ou loja, é possível ter sua presença na internet por menos do que R$ 100,00 por ano. Em alguns casos, já incluindo os serviços de configuração das ferramentas.

Já as redes sociais, são todas gratuitas. Você pode começar com uma página ou loja no Facebook, criar um canal no Youtube e engajar seus seguidores via Snapchat. Tudo isso sem gastar nada.

O que você está esperando para começar o seu negócio ainda hoje?

2. Estou perdido, não tenho ideia do que fazer.

Essa é uma razão plausível, mas existem opções. Se você não sabe o que fazer, pode ler o conteúdo deste site e descobrirá uma ótima opção negócios via internet e presencial.

3. Preciso de uma ideia exclusiva

Nem sempre. Muitas pessoas ganham dinheiro construindo audiência em seus sites e redes sociais para oferecer produtos de outras pessoas. Leia mais aqui.

Mas você também pode construir uma ideia inédita a partir da sua paixão, valores, talentos, conhecimentos e experiência profissional. O que você tem para ensinar é único. E às vezes o que falta é um método para descobrir o que torna você único.

4. Não tenho conhecimento o suficiente

E quem tem? O quanto você precisa conhecer sobre um assunto para considerar que domina um determinado assunto. Será que, entre os seus conhecimentos e experiência profissional você não tem algo único que possa ensinar? Ou algo que possa usar para alavancar o seu negócio?

Certamente você tem!

5. Tenho medo do fracasso

Isso é ótimo, o Medo faz você ficar atento, mas não pode deixar o medo dominar você, ditar as regras da sua vida. Mas o que você precisa ter claro é que o medo não passa de uma criação mental, construída a partir de nossas experiências anteriores. Se temos muitas experiências ruins, ou conhecemos muitas histórias de fracasso nessa área, teremos uma percepção negativa sobre o assunto. Felizmente, da mesma forma que criamos essa ideia a partir do que passou, também podemos criar condições para muda-la.

Para isso você pode:

  • Tenha clareza sobre onde quer chegar;
  • Defina exatamente o que quer (e não o que não quer) e trace um plano realista para chegar lá;
  • Tenha algum dinheiro separado para investir – separe um valor que deixe você confortável.
  • Busque pessoas que possam te apoiar nessa jornada – de preferência, pessoas que já tiveram sucesso ou estão tendo sucesso em seus negócios. (mentores)

O que você pode fazer para diminuir ou eliminar o seu medo do fracasso?

6. Será que não é melhor esperar a crise passar?

Esse é um mito controverso pois o que é crise para um, pode ser uma oportunidade para o outro. Quando o mercado cresce e todos investem, fica muito mais difícil de se posicionar e ganhar visibilidade. É preciso mais tempo e recursos para isso. Já no momento em que o mercado se retrai, é possível obter melhores resultados com investimentos menores. Ou seja, acaba se tornando um momento muito interessante para quem quer começar.

Como você pode usar o momento atual da economia para alavancar seu negócio?

7. Não tenho tempo

Na verdade, a falta de tempo reflete a falta de interesse e a influência de alguns dos mitos relatados nesse artigo. Quem quer fazer, sempre arranja uma forma. Digo isso por conhecimento próprio. Ter o seu próprio negócio irá te proporcionar mais tempo e qualidade de vida!

Não gostaria de ter mais tempo para você e sua família?

Bem pessoal, espero que eu tenha ajudado, se quiser saber um pouco mais e ter a possibilidade de começar seu negócio, clique aqui!